sexta-feira, 20 de maio de 2011

Deixar de ser eu

As vezes eu queria deixar de ser eu.
Para tirar o tantão assim de você
Que vive aqui dentro de mim.

Para poder dormir e não sonhar 
Com nós dois juntos.
Para banir da minha cabeça
Nossa imagem de mãos dadas.




Para poder ouvir uma musica e não lembrar teu riso,
Olhar para o céu e não procurar teu olhar,
Não ver teu nome em tudo o que há.

Para não ter que lembrar do teu toque,
Teu abraço e teu doce beijo.

 Para não sorrir como boba ao lembrar do que conversamos.
Para parar de fazer planos,
Para não te ver em cada pessoa 
Que por mim passar na rua.


Queria deixar de ser eu
E quem sabe assim esquecer dessa dorzinha em meu peito.
Esquecer que rejeição existe
E que quem eu quero não me quer.
Que tenho tanto a oferecer 
E ninguém pra aceitar.


Para deixar de acreditar que você pensa em mim
Que sente minha falta,
Que a gente pode dar certo,
E que um dia serei tua.





Queria deixar de ser eu em muitos momentos.
Mas quando você tivesse por perto,
Quando surgisse uma notícia 
Ou mesmo um sussurro seu,
Aí eu queria voltar a ser eu,
Para ouvir a voz da esperança 
Que tanto fala dentro de mim:
Que um dia você vai me notar.



8 comentários:

  1. adorei o post

    carlinhamary.blogspot.com (visita tbm)

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz que tenha gostado. tô te seguindo e tem o link do seu blog aqui ao lado nos "blogs amigos".

    bjosssssssss

    ResponderExcluir
  3. OI! tudo bom!
    É verdade...quando a gente gosta de alguém e quer esquecer é difícil demais! Afinal não mandamos nos nossos sentimentos, eles simplesmente acontecem...
    bjs, paz e obrigada pelas visitas!

    ResponderExcluir
  4. Difícil? É uma porcaria pra falar a verdade!
    Vc dedica horas e horas e ainda pensa nele. E ele não está nem ai... é a vida, mas passa!
    Gostei do seu post!
    Abraços
    Renata

    ResponderExcluir
  5. Que bom que gostou, obg pela visita. =D

    ResponderExcluir
  6. Tenho tumblr sim ^^ é o agirlaplanet.tumblr.com
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Adorei o blog, muito fofinho!
    O texto é lindo também!

    Ah, prazer, sou a Cumbuca Mor, que mandou o texto para o Mulherzinhas!
    =)

    Beijo!!

    ResponderExcluir