domingo, 21 de outubro de 2012

Carta para um amor

Oi amor,
sei que não tenho permissão para te chamar de amor,
mas é que o que sinto por você é tão real
que sinto como se fossemos um só ser.

Talvez neste momento você esteja meio ocupado,
ou apenas não queira perder seu tempo,
mas te peço,
leia estas palavras até o fim
e depois, se você quiser,
pode nunca mais olha na minha cara.


Estou aqui com a cara e a coragem
para te dizer que te amo.
Te amo tanto que não me importo
com o fato de você não me amar.

Te gosto tanto que, mesmo de longe,
vibro a cada vitória sua.
Sonhando que um dia possa comemorá-las a seu lado.

E por falar em sonhos,
sonho com você todas as noites,
tenho conversas imaginárias,
onde você confessa que também me ama da mesma forma.
sonho em um dia poder te dar todo o amor
que tenho guardado,
todo amor que você merece
e o que você não merece também.

Você agora deve estar achando que sou louca.
e eu realmente sou.
Louca que um dia você abra os olhos e me enxergue
e veja que eu sou a pessoa certa pra você.
porque eu te amo
a ponto de não julgar suas atitudes
e aceitar suas decisões, por mais malucas que sejam.


Por fim,
(não quero tomar muito o seu tempo)
quero te dizer que estou aqui
que assim que sobrar um tempinho,
e você quiser sentir um pouco desse amor que tenho guardado pra você,
ele estará pronto.
Se você buscar alguém para te amar,
não precisa ir muito longe,
apenas olhar para o lado,
pois será onde eu vou estar
esperando a oportunidade de te fazer feliz.

Obrigada por chegar até aqui!


Te Amo!!!

Um comentário:

  1. Uma mulher assim, é única de todas as formas. Tanto quanto esse amor.

    ResponderExcluir